Vc é a favor da proibição de inibidores de apetite como dietilpropiona, femproporex, manzidol e sibutramina?

Comentários

Vamos ser realistas, o projeto ainda está na câmara dos deputados e provavelmente o recurso vai ser aceito pois o $$ rola solto. Se realmente for para o Senado (o que será um milagre) esse ano é ano de copa do Mundo, vai ter mais recessos ou seja, mais enrolação. Ou seja, se um dia for sair, tenho quase certeza que não será esse ano. Perdi as esperanças, não sei nem se volto mais nesse site para saber das novidades, pois sinceramente acho que não terão novidades felizes.

Concordo com voce, e acho que o descaso destes políticos vai ser refletido nas urnas!!!

Precisamos urgente desses medicamentos

oque ,vcs naõ sabem é que a anvisa é cabide de emprego de cindicalistas ,tudo la e movido por propinaaaa,eles arovão e tiram o medicamento que lhes convem ,é quem pagar mais,mesmo que este remedio mateeee, como e o caso da subutraminaaaa,e o pt esta envolvido ate o gogo ,nesta pilantragem ,e estes vagabundos que estão temtando impedir ,este progeto de lei, estaõ resebendo propina tambem ,o geito é fazer a marcha dos obesos ,finalizando com hum panelaço na porta daquele amtro de viboras ,que é o comgresso nacional ,que de nacional não tem nada. desculpe-me ,os erros de portugues ,é que estou escrevendo no aufabeto lulistico...

Nossa vamos marcar então este panelaço e fazer barulho pra ver se da alguma coisa,agente so não podde ficar de braços cruzado,vamos marcar e botar a boca no trambone galera. mas tudo passional , tudo na paz pra ver se resolve este problema logo....

http://noticias.r7.com/saude/obesidade-quadruplica-em-paises-em-desenvolvimento-diz-relatorio-03012014 Obesidade quadruplica em países em desenvolvimento, a matéria deve ter sido escrita por uma pessoa magra, claro. É aquele tipo de matéria previsível... o blábláblá de sempre, fala sobre o aumento de consumo de comidas gordurosas, falta de exercício, porém não fala na falta de estrutura e de tratamento para obesos, principalmente os de classe média e pobres. É muito fácil colocar a culpa apenas no estilo de vida, porém qual a medida desses governos para o tratamento correto dessa doença? Estão investindo em academias gratuitas, ou ao menos em praças e parques onde as pessoas possam fazer exercícios com segurança? Estão abaixando impostos de produtos saudáveis para ficarem mais acessíveis à todos? Estão investindo em tratamentos multidisciplinares (nutricionista, endócrinos, psicólogos e preparadores físicos)? Claro que não. É muito fácil criticar os obesos, muito mais difícil é achar a solução. Com a falta de opção de tratamentos o quadro irá se agravar cada vez mais. Tínhamos uma opção de tratamento. Porém nos foi tirada de maneira arbitrária e covarde, os moderadores auxiliavam no controle do peso, agora estamos sem nenhuma alternativa. Vamos esperar até quando?

eu acho ,que os obesos estaõ sendo muito bonzinhos com estes canalhas ,junta uma turma da pesada ,senta na porta do congresso ,ninguem entra nem sai,e vamos ver se eles votaõ ou naõ .obeso vota e vota bem...eu naõ sei onde dilma esta com ha cabeça ,que naõ demite toda a diretoria da Anvisa por corrupiçaõ ou incopetencia .este dirseu esta me lembrando sabe aquele dirseu do mensalão ..

Olá, Caros Colegas! Desejo um Feliz Natal a todos e um 2014 com muita força e energia para continuarmos em nossa luta. Não vamos desistir, por mais difícil que pareça ser! Unindo forças seremos vitoriosos!!! Abçs! Luciana

Medicamento é usado para tratamento, drogas, bebidas, cigarro isso sim vicia. Os medicamentos são de controle médico. Vamos lutar para que voltem.

Olá, amigos! Pelo que tenho acompanhado, agora o projeto vai para o Senado, é isso? Há uma previsão quando isso pode acontecer? Seria essa a última instância ? Quem puder nos responder essas questões, agradeço! Abraços, Mara

Foi apresentado um recurso pelo "querido" (substitua por seu palavrão favorito) Dr. Rosinha. Agora ele colheu assinaturas de outros "queridos" deputados para barrar o pl 2431/11. Ou seja, estamos longe de conseguir algo. Até que seja derrubado o recurso, até que vai pro Senado ZZzzZzzZ... Pois é, 2 anos de luta e parece que ainda vai demorar.

Será que eu ainda posso ter esperanças???

Estou lutando todo esse tempo, não entrei em grupo nem nada, mas mando e-mail pros deputados, reclamo, posto comentários em matérias e blogs sobre o assunto. Não vou deixar de fazer isso, mas admito que a esperança está morrendo. Já são dois anos de constante luta e parece que ainda falta muito para conseguirmos o direito usurpado de sermos saudáveis. Colocando isso escrito parece mentira, até mesmo pra mim. Como preciso lutar para um direito que já era meu? Um direito que o Estado deveria proporcionar? Mas não sei realmente o que te responder, mesmo sem muitas esperanças continuo na luta, pois se pararmos aí que não vai ter resultado nenhum. Então até eu ouvir um sim ou um não, irei reclamar meu direito. Espero que todos vocês que visitam o blog façam o mesmo.

Continuarei reclamando meu direito de ser saudável!!! Mesmo que às vezes pareço não enxergar luz alguma no fim do tunel...

Por favor , acho que como vcs querem ganhar votos , para viver uma vida boa , nada como justo libera- los inibidores de apetites ,pode quero voltar aser uma pessoa alegre de corpo e alma , tomei por 15 anos e nunca aconteceu nada , agora estou só reclamando quero comer , quero só dormi , quero sumir , não quero nem sair .Pare e pense tem coisas piores por ai , como roubar o que e do outro...

Parece que é proposital, sempre aparece um para estragar o que aparentemente esta tudo bem, não sei mais em quem devo acreditar! acho que estão fazendo todos de palhaços. vamos dar um basta nisso! vamos fazer uma corrente para anulação de votos nas eleições se não for liberado.Bernardete. face bernardete ribeiro ribeiro

05/12/2013 PLENÁRIO ( PLEN ) Apresentação do Recurso contra apreciação conclusiva de comissão (Art. 58, § 1º c/c art. 132, § 2º, RICD) n. 261/2013, pelo Deputado Dr. Rosinha (PT-PR), que: "Recurso contra a apreciação conclusiva das Comissões sobre o PL 2431/2011". Inteiro teor Conversa iniciada - 26 de novembro Marcelli Silva 26/11/2013 14:21 Marcelli Silva Ou Erica boa tarde eu como vc tbm estou na luta a favor da liberação da anfepramona, vc aabe mais alguma novidade, se libera ainda esse ano? Grata. Erica Veronica Nascimento 26/11/2013 16:46 Erica Veronica Nascimento Oi marcelli se conseguimos este ano vai ser com muita briga foi apresentado prazo p recurso da liberacao o prazo de 5 sessoes ordinarias tem deputado contra vc viu os nomes q postei? Sugiro q entre no sit da camara e senado e faca sua reclamacao como eu e varias pessoas q conheco estao fazendo temos q mostrar q somos muitos milhares contra eles Marcelli Silva 26/11/2013 18:47 Marcelli Silva Vou entrar sim Hoje Erica Veronica Nascimento 22:59 Erica Veronica Nascimento 05/12/2013 PLENÁRIO ( PLEN ) Apresentação do Recurso contra apreciação conclusiva de comissão (Art. 58, § 1º c/c art. 132, § 2º, RICD) n. 261/2013, pelo Deputado Dr. Rosinha (PT-PR), que: "Recurso contra a apreciação conclusiva das Comissões sobre o PL 2431/2011". Inteiro teor Erica Veronica Nascimento 23:00 Erica Veronica Nascimento Deputado DR.Rosinha é homem gente mesmo com este nome ridículo mais outros deputados passaram listas para colher assinatura entraram com recurso contra na decisão do CCJC de aprovação da pl 2431/11. efetuei reclamação no site da camara hoje Dados Pessoais Nome: erica veronica rodenas E-mail: veron_1825@hotmail.com Mensagem Assunto: Deputados Ação: Solicitar Data de Cadastramento: 05/12/2013 22:48 Mensagem: Pode ter certeza que 30 milhões não vão esquecer estes nomes.eu não estou sozinha Votaram contra a pl 2431/11 os Deputados Padre João, Fernando Marroni,Luiz Couto, Paes Landim, Chico Alencar, Esperidião Amin, Luiz de Deus e Marcelo Almeida,Dr. Rosinha.Até quando vão enrolar com a pl 2431/11 mais um ano esta se passando recesso chegando, eleições.... O povo Brasileiro já acordou e tenho certeza que os políticos hoje eleitos com seus salários maravilhosos e braços cruzados que não depende de educação publica, saúde publica e esmolas que o governo da como entretenimento para ganhar tempo e poder roubar mais. Irão se surpreender com as mudanças, reforma politica e exclusão de politicos que só pensam em beneficio próprio, o povo pode e vai fazer. Recentemente, o Ministério da Saúde divulgou um pesquisa que revela que quase metade da população brasileira está acima do peso. Segundo o estudo, 42,7% da população estava acima do peso no ano de 2006. Em 2011, esse número passou para 48,5%. O levantamento é da Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), e os dados foram coletados em 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal. Metade de papulação Brasileira é muita gente não é? LIbera a lista dos deputados que votaram para o recurso contra pl 2431/11 pode ter serteza que nenhum deles vai se reeleger nunca mais Câmara dos Deputados Palácio do Congresso Nacional - Praça dos Três Poderes 70160-900 - Brasília - DF td devem fazer o msm são poucas as reclamações somos muitos e tds devem reclamar para q algo seja feito. http://www2.camara.gov.br/participe/fale-conosco

Aiai... não sei pq não estou surpresa por esse Deputado Dr. Rosinha ser petista. Mais alguém vai negar que isso é puro jogo de interesse político? Mais alguém vai ter a coragem de negar que isso é simplesmente político querendo lucrar às custas da saúde da população? Já está ficando ridículo levar tanto tempo para a liberação dos medicamentos. São milhares de pessoas prejudicadas, vidas estão sendo destruídas por uma decisão arbitrária. E agora me digam o que melhorou? As mortes diminuíram? Surgiu algum novo medicamento para o tratamento da obesidade? O número de obesos do país ficou menor? Vocês da ANVISA são uma PIADA! Vocês não fizeram nenhuma melhoria pro país, os interesses claramente são pessoais.

Isso é uma vergonha! Sempre foi gordinha ,desde menina , porém logo q tive 3 filhos engordei horrores e tinha jundo com a gordura vários problemas de saúde... pressão alta, colesterol alterado, glicose, alta estima lá embaixo, sedentarismo e gordura no fígado. Tentei todo tipo de dieta inclusive com nutricionista, td em vão. Um belo dia conheci um médico atencioso e cuidadoso, me passou inúmeros exames laboratoriais, entre ele dosagem de hormônios, e claro tinha vários problemas todos vinham do excesso de peso. Então foi quando comecei a tomar o Femproporex... comecei com acadêmia ,sempre na esteira e bicicleta... comecei a perder peso logo logo, foi a melhor época da minha vida ,sem dúvida nenhuma, emagreci, todos as alterações se normalizaram logo no primeiro 6 meses depois que repeti os exames, me sentia linda, bem disposta,nossa e nem mais precisava de anti depressivos nada! Então um belo dia descubro que a anvisa proibiu a comercialização do medicamento e me vi a ver navios , sem saber o que fazer ,pois como meu médico mesmo me disse teria que tomar mais algum tempo até chegar no peso ideal para minha estatura e depois mais um tempo somente para manter o peso durante alguns meses... engordei de novo , hoje tenho uma bela lesão na coluna e todos os meus exames já voltaram ao resultado inicial... me sinto péssima,alto estima nem sei o q é , não durmo, tomo anti depressivos e realmente acho um absurdo tirar do alcance das pessoas que realmente precisam algo que está no mercado para ajudar. Tentei me adaptar com esse outro medicamento a sibulttramina porém não me adaptei , pois ela faz mais mal que o outro ,muito mais , não tem efeito tão esperado e tbm me deu taquicardia, parei na primeira caixa. E agora D. Anvisa? Lhe pergunto quem me ajuda com tratamento? A srªa? Deveria ser mesmo! Mas como sei que sou apenas mais uma! Vai ficar nisso mesmo! Lhe agradeço ...

Tenho apenas uma pergunta sobre esse assunto: O que dizer sobre substâncias que são proibidas nos próprios países que sediam os laboratórios detentores das patentes desses medicamentos?

Nem sei mais o que dizer a não ser que essa proibição acabou com a minha vida. Não consigo se quer sair de casa, só vou pra faculdade pra não perder tudo que estudei até aqui. Estou muito deprimida e por mais que eu tente não consigo perder peso sem ajuda dos remédios. Antes da proibição consegui perder e manter meu peso durante anos, não tinha ansiedade e conseguia controlar minha alimentação, eu realmente estava feliz com meu peso. Agora estou com 100 kg e muito mal, muito deprimida, mas tenho esperança de que esses covardes ponham a mão na consciência e vejam o que estão fazendo com a vida das pessoas, pois não tiram de nós só o direito de sermos felizes, como tiram também nosso direito de escolha!!!! Vamos protestar pessoal!!!!

Nem sei mais o que dizer a não ser que essa proibição acabou com a minha vida. Não consigo se quer sair de casa, só vou pra faculdade pra não perder tudo que estudei até aqui. Estou muito deprimida e por mais que eu tente não consigo perder peso sem ajuda dos remédios. Antes da proibição consegui perder e manter meu peso durante anos, não tinha ansiedade e conseguia controlar minha alimentação, eu realmente estava feliz com meu peso. Agora estou com 100 kg e muito mal, muito deprimida, mas tenho esperança de que esses covardes ponham a mão na consciência e vejam o que estão fazendo com a vida das pessoas, pois não tiram de nós só o direito de sermos felizes, como tiram também nosso direito de escolha!!!! Vamos protestar pessoal!!!!

Tenho apenas uma pergunta sobre esse assunto: O que dizer sobre substâncias que são proibidas nos próprios países que sediam os laboratórios detentores das patentes desses medicamentos?

A ANFEPRAMONA, nos EUA conhecida como DIETILPROPIONA, não é proibida pelo FDA.

É uma pena, minha história é bem parecida com a sua. Fui obrigada a interromper meu tratamento. Somente nós sabemos como foi difícil ter que abandonar um tratamento que só nos fazia bem. Eu nunca vou esquecer o dia que saí dos 3 dígitos... Eu gritava tanto de felicidade, mal podia acreditar. É realmente uma pena que ninguém tenha consultado pessoas como nós antes de proibirem os medicamentos. Espero realmente que não demorem muito mais para a liberação.

O órgão que proibiu, a comercialização desses medicamentos em questão,deveriam se informar melhor. É questão de saúde o controle da obesidade! Espero que revejam essas atitudes e comecem a se preocupar com o que realmente é de interesse público!

Vamos mostrar que somos muitos!! Comentem esse vídeo do Deputado Felipe Bornier... Não podemos deixar apenas nas mãos dos políticos. Temos que nos fazer ouvir! http://www.youtube.com/watch?v=PZCbD8ArC_U

http://www.opovo.com.br/app/opovo/brasil/2013/11/20/noticiasjornalbrasil,3165482/deputados-aprovam-liberacao-de-emagrecedores-que-anvisa-proibiu.shtml http://veja.abril.com.br/noticia/saude/comissao-da-camara-dos-deputados-aprova-liberacao-de-anfetaminas http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,comissao-da-camara-libera-emagrecedores-proibidos-em-2011,1098481,0.htm http://oglobo.globo.com/saude/camara-aprova-liberacao-de-venda-de-inibidores-de-apetite-10825075

Nas eleições não vamos votar nos picaretas que votaram contra o projeto de lei 2431/2011. São eles: Luiz Couto PT / PB, Paes Landim PTB / PI , Chico Alencar PSOL / RJ, Esperidião Amin PP / SC, Luiz de Deus DEM / BA e Marcelo Almeida PMDB / PR. Eles só votam no que vai agregar ao bolsinho deles.

Alguém sabe informar oq está acontecendo com o PL 2431/2011? O site é extremamente confuso, não dá pra obter informações de forma objetiva.

É pessoal, o fim do ano se aproxima.... Há alguma novidade sobre os medicamentos? Juliana Mendonça

até o barbedo sair, ele tem que pedir para sair!

Pensei a mesma coisa quando li no site da câmara. Quantas vezes eles vão ter que ouvir a mesma coisa? É obvio que o representante da ANVISA não vai mudar de ideia. E os médicos já deixaram bem claro que os remédios não deveriam ser proibidos, pois são ótimos coadjuvantes na luta contra obesidade (e ainda não existe substituto). Será que eles ainda não entenderam isso? Piada!

Galera vamos mandar e-mails para os deputados, principalmente o deputado que criou o PL (Felipe Bornier). http://www2.camara.gov.br/participe/fale-conosco/fale-com-o-deputado Sem pressão não conseguiremos nada! Mandem reclamações, peçam a volta dos medicamentos. Vamos lotar as caixas deles, assim vão ver que não somos uma parte tão pequena da população! Precisamos fazer algo senão esse projeto de lei não sai do papel!

Cada vez tenho mais certeza de que retiraram os remedios pois estao ganhando muito com as cirurgias bariatricas.Inclusive baixaram a idade agora para a partir de 16 anos. Essa cirurgia sim eh que tinha que ser feita em casos extremos. Pois o paciente antes e depois da cirurgia tem que frequentar psicologos, as vezes psiquiatras, falta proteina, caem os cabelos, tem alguns pacientes que passam muito mal. Isso eles nao veem, acho que eh pq o dinheiro de lucros eh muito maior.

O que vc está dizendo não é verdade, não espalhe achismos por aí. Esses fármacos anorexígenos estão relacionados a um alto índice de reincidências do sobrepeso, efeitos colaterais perigosos (infarto, por exemplo) e dependência química. Ou seja, a pessoa usa e, quando deixa de usar, engorda tudo de novo. Ninguém consegue manter o peso sem uma reeducação alimentar verdadeira. Aí, para continuar magro, o sujeito faz uso crônico, o que não funciona por muito tempo, pois o organismo sofre tolerância ao fármaco, ou seja, o remédio perde o efeito. Então, a pessoa aumenta a dose, o que também aumenta efeitos colaterais. Ao contrário do que você afirmou, a cirurgia é, sim, para casos extremos, não é para qualquer um. Você tem que ter tentado emagrecer com dieta e acompanhamento médico por, no mínimo, 2 anos. Também tem que apresentar pelo menos um problema de saúde relacionado à obesidade (hipertensão, dislipidemia, diabetes, etc.). Seu IMC precisa ser alto também, tem que ser obeso, não apenas sobrepeso. Experimente fazer a cirurgia apenas com um IMC de 26 (o cara "gordinho"), o médico não deixa. Além disso, os efeitos colaterais que vc mencionou são transitórios, são devidos à falta de nutrientes. Fazendo o uso adequado de vitaminas e mantendo UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL (sim, não há milagre, tem que comer direito), vc normaliza em mais ou menos um ano seu corpo. Vai por mim, quem lucra com esses remédios é que faz parte de uma indústria.

Thiago o que vc me diz em relação ao cigarro e a bebida? Não deveriam ser proibidos também? Mas a Anvisa não tem cacife para mexer com isso não é? SE uma alimentação saudavel e exercicios fisicos fizessem efeitos para todos não haveria problemas graves de obesidade como esta aumentando cada vez mais no Brasil, a Anvisa ao proibir o uso desses medicamentos conseguiu aumentar as vendas no mercado negro, encher os consultórios de Psiquiatras pela quantidade de pessoas que entraram em depressão como o meu caso por conta de terem engordado. Vc não sabe o que é ficar trancado em casa com vergonha de sair na rua, vc não sabe o que é tentar vestir uma roupa e não servir e o pior vc não ter dinheiro para comprar uma maior. Durante esse periodo se vc quer saber tentei até mesmo o suicídio e te garanto que não fui a unica. Talvez vc não tenha esse problema e se não tem de graças a Deus, pois vc não sabe e nem tem idéia do mal que a Anvisa fez com muitos e muitas brasileiras;

Você está comentando o que a mídia coloca e o resultado de pesquisas mal feitas pela ANVISA, me desculpe Thiago mas você não parece tão bem informado assim. Primeiro que os casos relacionados à infartos na maior parte deles, são pessoas que usavam o remédio de maneira recreativa, misturando-os com álcool e drogas, ou de pessoas que não seguiam o que o médico receitava e aumentava a dose achando que emagreceria mais rápido, ou de pessoas que mal passavam no médico e compravam o remédio no mercado negro. Outra coisa, se utilizado de maneira correta é sim um ótimo coadjuvante para o emagrecimento. Se ele causa dependência? Olha, não conheço nenhuma pessoa que tenha tomado com receita médica seguindo exatamente as instruções que tenha ficado viciado. Aliás a pessoa mesmo fazendo uso de medicamentos tem que seguir as orientações médicas, tem que fazer atividade física, reeducação alimentar e em alguns casos acompanhamento psicológico. Pois se a pessoa tem tendencia à vícios (a comida é um vício também), pode ter tendência a ficar viciada sim em remédios. Agora dizer que TODAS as pessoas que tomam remédio voltam a engordar... mentira. Sou a prova viva disso emagreci 41 kg e mesmo depois da proibição nao engordei mais e conheço pelo menos 9 pessoas que tomaram e não voltaram a engordar, só que como tudo na vida tem que ter comprometimento, os remédios ajudam, não fazem milagres e são para pessoas que já tentaram diversas vezes e não tiveram resultado ou voltaram a engordar com muita facilidade (ou pra pessoas que tem problemas hormonais e/ou problemas que lhe impeçam de fazer exercícios). E mais uma coisa também conheço milhares de pessoas que fizeram reeducação, dietas e blablabla e engordaram novamente mesmo sem uso de medicamentos. E outra falar que os médicos não fazem cirurgia em quem é gordinho MENTIRAA!!! Eles até mesmo tentam convencer as pessoas a engordarem para poder fazer a cirurgia e quanto aos efeitos transitórios, não são tão transitórios assim, tenho uma amiga que está careca por causa da cirurgia, mesmo comendo bem e tomando suplementos. Não me venha com papinho de quem acha que sabe tudo pois seus argumentos são fraquíssimos e completamente PRECONCEITUOSOS, pos existem pessoas que realmente não conseguem emagrecer com reeducação + exercícios (tem gente que nem pode fazer exercícios), então essas pessoas não merecem ser magras? Não merecem se sentir melhor? Poupe-me! Se não fosse os "MALDITOS" remédios hoje eu não teria mais motivos pra viver, eles salvaram minha vida e não queria privar as pessoas de ao menos tentarem. Todo tratamento seja ele medicamentoso ou cirúrgico oferece riscos... o que dizemos é que o medicamento oferecia menos riscos e ajudou bastante pessoas. Leia os depoimentos desse site e veja quantas pessoas foram beneficiadas. Ainda não acho q os medicamentos, muito menos a redução de estomago seja o tratamento correto, só que se de alguma forma ele ajuda algumas pessoas pq não deixá-los no mercado com uma fiscalização mais rigorosa?

Remédios Viciam? Ohhhhhhh, Então tem que fechar todos os bares, e proibir venda de bebida alcoolina, até porque tudo de errado no mundo começa pela bebida alcoólica que tira as pessoas de si próprio. é a pior droga! dai que vem a maioria de todos os crimes. agora vem cá, se eu quero ficar mais bonita pra mim, pro meu marido, pra minha família, e pro mundo, qual é o problema??? problema se eu tivesse dependente de crack, e cocaína, ai esses filhas da puta não resolvem né... Tá Mais droga é crime, hãmram sei sei, mais o abençoado é pego em uma situação suspeita, ai tá ... é revistado pegam um pó de 50 com ele.... mais é pouquinho... ele vai pra delegacia,quando vão, e no máximo é tachado como usuário, qual é crime? não teve a quantidade de é pouca. tá liberado broder , tranquilo , tudo certinho, Vai Na Paz! Marido que espanca a mulher, bate nos filhos, mata o vizinho, dá facada, dá tiro. TÁ PERDOADO, porque estava sobre o efeito do álcool. E A mulher que quer se cuidar não pode??? poupe-me né. O que mata, o que destrói é álcool, é droga. vamos lá, a cada 50 pessoas que eu conheço pelo menos 35 bebem, nem que seja socialmente.... mais mesmo socialmente dirigem bêbedas, brigam , se tornam fortes, sábias! A cada 50 pessoas que eu conheço nem 2 tomaram remédios. E dessas 2 tenho certeza que não cometeram nenhum delito sob os efeitos dos remédios. Eu nunca vi casamento acabar porque a esposa tava magra de mais, tava esbelta de mais. mais já vi acabar porque o marido chegava todo dia bebedado, porque o marido usava droga, batia na esposa, judiava da família toda, isso sim é grave, gravíssimo por sinal Então para s alcoolizar-se as pessoas tem livre direito! Então pro uso do medicamento tbm tem q ser igual!!! Toma quem quer,Quem Axa que tem que tomar. E outra coisa, agente não toma de orelhada não, agente vai no médico tem acompanhamento, faz exame. deixa agente ser feliz que agente não está destruindo a vida de ninguém, muito ao contrário estamos fazendo bem pra nós e pra quem nos ama! Pra beber o cara não precisa de receita, não precisa de médico, só precisa de autorização do capetinha. cachaça é fácil de encontrar em qualquer esquina,tem de várias marcas e é beeem barato, e tbm não podemos deixar de dizer que É TOTALMENTE LEGAL dentro da lei. Nossos remédios não, eles são os vilões. Vão Colocar Banca pra cima de bandido, vão proibir e reprimir o que realmente precisa. E quando cirurgia bariátrica, um cirurgião me disse eu com O SEU PESO DE HOJE 100 kg eu te opero, mais se vc quiser fazer pelo seu plano, come mais um pouquinho que com 120kg eu te opero sem custo , com 120 o seu plano autoriza! e ai? Acha Certo Isso?!

é muito sofrimento para quem faz a barátrica, só o fato de ter que passar pela cirurgia... e também o pós cirúrgico é mais sofrimento ainda, vida social zero, a pessoa se torna chata, não posso isso, não posso aquilo, zero qualquer tipo de bebida que contenha álcool, se passar da conta vai passar da conta de comer e aí é aquele acidente, vomita tudo em qualquer lugar, muitos passam a tomar ansiolíticos pq vc não perde a vontade de comer, qualidade de vida zero.

Cada vez tenho mais certeza de que retiraram os remedios pois estao ganhando muito com as cirurgias bariatricas.Inclusive baixaram a idade agora para a partir de 16 anos. Essa cirurgia sim eh que tinha que ser feita em casos extremos. Pois o paciente antes e depois da cirurgia tem que frequentar psicologos, as vezes psiquiatras, falta proteina, caem os cabelos, tem alguns pacientes que passam muito mal. Isso eles nao veem, acho que eh pq o dinheiro de lucros eh muito maior.

Mais uma vez o projeto não está em andamento, desde o dia 26/09/2013 que nada acontece. Daqui a pouco vem férias, recesso e mais uma vez é deixado de lado. Mais um ano está acabando e nada foi resolvido. Só queria entender uma coisa: para retirarem os medicamentos do mercado foi super rápido, em menos de 3 meses já estava tudo resolvido. Mostraram umas pesquisas meia boca e foi o suficiente para proibir, mesmo com a classe médica contra a proibição (veja bem, médicos, que estudaram para isso). Não conheço uma só pessoa que tenha sido entrevistada sobre os moderadores de apetite, eu não fui e nenhuma pessoa que eu conheço que fez uso dos medicamentos tb não. Então de onde tiraram as estatísticas? Nunca falaram com o meu médico à respeito, ou fizeram perguntas sobre seus pacientes, portanto creio que não devem ter falado com outros médicos. Agora, pq pra liberar demora tento tempo? Pq temos que esperar anos para que uma decisão seja tomada? Não basta as opiniões de milhares de pacientes com ótimos resultados? Não basta a opinião médica? O que mais é necessários para que se tome uma decisão? Estamos cansados de esperar!

meu deus tomei durante anos esses medicamentos e nunca fez mal, so me fez bem estou engordando muito pois parei de fumar e não consigo emagrecer de jeito nenhum, ta dificil tentei sibutramina e nada so me da dor de cabeça e muita fome....estou caminhando mais e devagar preciso deles.......

queria ver a filha ou a mulher desses bando de idiotas precisarem de remedio pra emagrecer, vamos gente isso nao pode ficar assim. Neste país podre matar e roubar pode, mas ter o direito de comprar um remedio nao pode...................... imbeciiiiiiiissssssssssss

Como tudo nesse país tem o "jeitinho brasileiro" isso não deve ficar imune. Eles com certeza tem acesso aos remédios se precisarem, por isso não estão preocupados. Nós meros cidadãos, que pagamos impostos é que temos que nos preocupar com isso...

Boa noite, caros colegas! Bom, acompanhando todo essa nossa luta, pode-se concluir que o projeto do Dep. Felipe Bornier precisa ser aprovado pela última comissão. É isso mesmo? Seria esse o último empecilho para nós ganharmos essa exaustiva luta contra essa doença que vai nos matando aos poucos? Sílvia

:. Notícias Postado em 19/09/2013 as 11h34 Seguridade aprova liberação de remédios para emagrecer Projeto aprovado nesta quarta libera a produção e a venda de remédios para emagrecer proibidos pela Anvisa. A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou nesta quarta-feira Projeto de Lei 2431/11, do deputado Felipe Bornier (PHS-RJ), que libera a produção e a venda de remédios para emagrecer derivados de anfetamina (femproporex, anfepramona e mazindol). Esses medicamentos foram retirados do mercado em outubro de 2011 pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Bornier justifica seu projeto citando dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Ministério da Saúde, segundo os quais, em 2011, os brasileiros obesos somavam cerca de 30 milhões, número que representa 15% da população. As estatísticas apontam um crescimento de 3,6% em cinco anos. Debates O relator, deputado Dr. Paulo César (PSD-RJ), foi favorável à proposta. Ele explica seu parecer. "Nestes dois anos em que estamos elaborando o relatório, fizemos audiências públicas em diversos estados brasileiros, fizemos diversas audiências públicas aqui na Câmara dos Deputados, e chegamos à conclusão de que todas as sociedades médicas são favoráveis à utilização dos inibidores de apetite”, afirmou. O tema também foi debatido pelo relator com internautas. O relator disse que levou em conta o número crescente de doenças causadas ou agravadas pela obesidade. “Nós sabemos que a obesidade leva ao diabetes, leva à hipertensão arterial, são inúmeros casos de infarto, de derrame, câncer de mama, câncer de útero, câncer de próstata, então a obesidade causa diversos males ao organismo humano”. Ao proibir os medicamentos, a Anvisa argumentou que eles causam riscos à saúde e que não há comprovação científica de sua eficácia. O deputado Dr. Paulo César afirma que a Anvisa não indicou nenhum problema específico relacionado ao consumo desses remédios. Tramitação A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada pela Comissão Constituição e Justiça e de Cidadania. Fonte: Câmara dos Deputados

Somente o sibutramina foi liberard. O Anfepramona e Femoproporex não , continuam sendo proibidos. infelismente!!

poise, por favor toma quem quer e precisa, a vontade das pessoas deve ser respeitada.COM CERTEZA O TRATAMENTO DA OBESIDADE DA MAIS GASTO AO GOVERNO , SEJAM INTELIGENTES!

Páginas

Comente

so texto

  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <img> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <blockquote> <h3> <h4><h5>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
CAPTCHA
Esta questão é necessária para prevenir spam :(
2 + 8 =
É fácil mesmo. Exemplo: se a pergunta for 1+3 entre o número 4.
Não há censura de opinião nos comentários, mas o vc é o responsável pelo que escrever. Ou seja, aqui vale o Yoyow (You Own Your Own Words). Lembre-se: Opinião é diferente de informação. Informações sem fonte ou que não puderem ser checadas facilmente podem ser deletadas. Serão apagadas sem dó mensagens publicitárias fora de contexto, spam usado para melhorar a posição de sites e outras iniciativas de marqueteiros pouco éticos. Respeite as regras básicas Netiqueta. Grosserias desacompanhadas de conteúdo, coisas off-topic e exagero nas gírias ou leet que dificultem o entendimento de não-iniciados tb não serão toleradas aqui. Vou apagar sumariamente todos os comentários escritos inteiramente CAIXA ALTA, mensagens repetidas e textos que atrapalhem a diagramação do site. Além de prejudicar, a leitura é falta de educação. Não publique tb números de telefone, pois não tenho como checá-los. As mensagens com números de telefone serão apagadas inteiras. Obviamente, qq conteúdo ilegal tb será deletado sem discussão. Evite também mensagens do tipo "me too" (textos apenas concordando com o post anterior sem acrescentar algo à discussão). Clique aqui para ver algumas dicas sobre como escrever um texto claro, objetivo e persuasivo. Todas os comentários são considerados lançados sobre a licença da Creative Commons. Se você não quer que seu texto esteja sob estes termos, então não os envie.
Creative Commons License
br101.org by br101.org is licensed under a Creative Commons Attribution-Share Alike 2.5 Brazil License. Nenhum produto M$ foi usado na construção destas páginas.
Este site usa Drupal (Apache, PhP e MySql). Na manutenção uso o Quanta+ e Gimp (no Gentoo). Se vc quiser tentar aprender a fazer um site igual a este usando softwares livres, vá até o weblivre.br101.org e leia:
Como fazer um website de verdade?